Home / Outros / Um ano dos Saraus em Pasárgada

Um ano dos Saraus em Pasárgada

O projeto Saraus em Pasárgada vai completar um ano de existência em grande estilo. Nesta sexta-feira (20), a partir das 18h, um sarau especial relembra o centenário da publicação do livro A Cinza das Horas, primeiro livro de Manuel Bandeira, editado com recursos próprios aos seus 31 anos. O evento vai acontecer no Espaço Pasárgada, localizado na Rua da União 263, no Bairro da Boa Vista, Recife.

Durante o sarau, público poderá apreciar dois ambientes: o primeiro conta com apresentações teatrais e musicais em homenagem a Bandeira e o segundo com alegorias e fotografias do Bloco A Cinza das Horas. “A música era a grande paixão da vida do poeta. Por isso pensamos em trazer a música neste Sarau Especial. Então, nós contamos com a apresentação do duo de violonistas Sérgio Deslandes e Abraão Marreira que vão tocar uma peça inédita chamada Cantiga, uma composição do Frei Jaime Diniz com Letra de Manuel Bandeira. Também estarão conosco o duo Audire com a cantora Amanda Coelho e o violonista Thiago Pinto”, conta a gestora do Espaço Pasárgada, Marília Mendes. Outras participações especiais da programação do Sarau são a da poetisa Adélia Coelho e os músicos Amanda Cabral e Rafael Meira.

O Grupo Bacantes de Poesia também se apresentará, com uma série de poesias declamadas do livro A Cinza das Horas. Nascido de uma atividade de formação teatral da Secult-PE/Fundarpe, que trabalhou com os textos de Bandeir, o grupo, com seis integrantes, ficará responsável, ainda, pela recepção do público caracterizados os personagens que os textos do poeta os inspiraram. “Quem conhece o livro vai se identificar. O meu apego a Bandeira e à sua obra vem, especialmente, do fato de o mundo dele ser muito próximo ao Recife. É muito importante mostrar para as pessoas que Bandeira faz parte desta cidade e que a poesia dele reflete o que ele vivenciou aqui”, diz a atriz Ana Nogueira, integrante do Grupo Bacantes de Poesia.

SARAUS EM PASÁRGADA – O projeto teve início em outubro de 2016, com a poetisa Jussara Salazar falando sobre o tema Vida e Morte na Poesia. Em um ano, recebeu mais de 600 pessoas como público e convidados notáveis no cenário contemporâneo da poesia pernambucana como Miró, Zizo, Meca Moreno e o grupo Profundanças. “Os Saraus em Pasárgada é um espaço para artistas da música e da poesia que estão em busca de estabelecerem uma relação mais próxima com o público. Nós trabalhamos variados temas e formatos das expressões literárias do Estado. O Sarau é também uma celebração a todas essas diferenças”, explica a gestora do Espaço Pasárgada, Marília Mendes.

PROGRAMAÇÃO
Sarau “A Cinza das Horas” com o Grupo Bacantes de Poesia formado por Ana Nogueira, Anaclaudia Vieira, Eduardo Godoy, Daniella Miranda, Ísis Agra e Fernanda Spíndola;

Duo de violões: Sérgio Deslandes/ Abraão Marreira

Duo Audire: Amanda Coelho (Soprano) e Thiago Pinto (violão)

Duo Rafael Meira (violão) Amanda Cabral (voz)

Recital com microfone aberto

Parceria com o Bloco “A Cinza das Horas” que trará acervo fotográfico do bloco inspirado no livro.

SERVIÇO
Saraus em Pasárgada – Aniversário de um ano
Quando: 20/10 (sexta-feira), às 18h
Onde: Espaço Pasárgada (R. da União, 263 – Boa Vista, Recife – PE)
Quanto: Acesso gratuito

Fonte: (6) Um ano dos Saraus em Pasárgada

About admin

Check Also

PIAUÍ: Salão de Arte Santeira é retomado depois de 9 anos e premia os melhores artesãos

(Foto: (Jorge Bastos) O XIV Salão de Arte Santeira do Piauí, que não é realizado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *